Estação de Tratamento de Água - ETA

A estação de tratamento de água (ETA) é a parte do sistema de abastecimento de água onde ocorre o tratamento da água captada na natureza, visando a sua potabilidade para a posterior distribuição à população. A ETA é dimensionada de acordo com a vazão e a qualidade da água captada. A água pode ser captada de poço artesiano, rio, mina, chuva, etc.

Na ETA a água pode passar por um conjunto de procedimentos físicos e químicos que são aplicados para que esta fique em condições adequadas para o consumo, ou seja, para que a água se torne potável. O processo de tratamento de água a livra de qualquer tipo de contaminação, evitando a transmissão de doenças.

Os principais processos físicos e químicos no tratamento da água são: aeração, coagulação, floculação, decantação, desinfecção, correção de pH e filtração. Nestes processos são corrigidas a cor, turbidez, odor, pH, e removidos os excessos de matéria orgânica, metais, sólidos dissolvidos, etc.

Técnico CEA do Brasil em uma estação

Podem tratar qualquer tipo de qualidade de água.

Podem ser projetadas conforme o espaço disponível.

Podem ser de funcionamento manual e automático.

Podem ser construídas com vários tipos de materiais.

Ainda com dúvidas?

Fale com um especialista.

Atendimento
11 4456-9603

Algumas características

A CEA do Brasil oferece estações de tratamento de água compactas ou abertas.

A seleção do tipo de ETA é conforme a vazão de trabalho, qualidade da água bruta e o espaço disponível para realizar a instalação.

As estações de tratamento de água podem ser projetadas e construídas utilizando vários tipos de materiais, dentre eles: aço inoxidável, aço carbono, concreto, plástico reforçado com fibra de vidro (PRFV), etc.